Pedaços de um foguetão chinês a caminho da Terra?

Na semana passada, a China lançou um foguetão não tripulado para o transporte do primeiro módulo da sua futura estação espacial, que deverá estar pronta em 2022. Parte do foguetão está agora a cair de volta à Terra

Foto
O foguetão Longa Marcha 5B foi lançado a 29 de Abril China Daily via REUTERS

Não se sabe bem quando nem onde. Mas tudo indica que os restos do foguetão, lançado pela China a 29 de Abril, vão regressar à Terra. O problema é que os destroços de grande dimensão (com 21 toneladas e 30 metros de altura) estão a cair de uma forma descontrolada e, apesar da elevada probabilidade de o que restar do foguetão possa mergulhar no oceano, existe o risco de algumas partes atingirem zonas habitadas. O foguetão Longa Marcha 5B foi usado na passada quinta-feira para colocar em órbita o primeiro módulo da futura estação espacial da China.