Tirar contentores para receber o Papa custa, para já, seis milhões ao Estado

Resolução do Conselho de Ministros publicada esta semana fala em seis milhões para a retirada do material, mas documento das autarquias de Loures e Lisboa calcula em 90 milhões o custo dessa retirada e a construção do novo complexo logístico.

Foto
Rui Gaudencio

Tirar os contentores de Loures para receber o Papa Francisco no Verão de 2023 vai custar, pelo menos, seis milhões de euros aos cofres públicos. O Governo ordenou à Infra-Estruturas de Portugal (IP) que começasse “de imediato todos os trabalhos, diligências e procedimentos necessários à relocalização do Complexo Logístico da Bobadela”, que deve estar praticamente vazio a tempo da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).