Censos 2021: “Os dados nunca foram enviados para os Estados Unidos”, garante presidente do INE

Francisco Lima, presidente do INE desde 2018, diz ao PÚBLICO que o contrato com a Cloudflare foi suspenso para evitar dúvidas junto da população. O INE garante que não foram enviados quaisquer dados para os EUA e que “há um entendimento incorrecto” da parte da CNPD sobre a relação da organização com a Cloudflare.

Foto
O site dos Censos 2021 pode ficar mais lento devido à falta da Cloudflare, diz INE direitos reservados

O presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE) garante que “não foram enviados quaisquer dados dos censos para os EUA” e que a Cloudflare — uma empresa norte-americana contratada para garantir a segurança do processo — não tem acesso à informação dos inquéritos feitos à população. As afirmações surgiram numa conversa com o PÚBLICO depois de a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) ter exigido ao INE, na terça-feira, a suspensão de qualquer transferência de dados pessoais para os EUA, uma possibilidade que estava prevista no contrato com a Cloudflare.