As perguntas a que Cavaco Silva deve responder!

Apesar do que sabia ou do que tinha obrigação de saber, Cavaco Silva não se inibiu de avançar ao país, dias antes da divulgação dos resultados do 1.º trimestre de 2014 do BES, afirmações, no mínimo, comprometedoras.

Cavaco Silva era Presidente da República, em março de 2014, quando Ricardo Salgado tomou conhecimento de que a alteração profunda na governance do BES, determinada pelo Banco de Portugal (BdP), passaria pelo afastamento da família Espírito Santo dos órgãos sociais do Grupo BES. Ricardo Salgado reagiu. Escreveu ao governador Carlos Costa.