Proibir as fake news sobre o coronavírus? Há países a criar novas leis, com alguma polémica

Não é novidade que a pandemia instaurou uma “infodemia” com a disseminação viral de notícias, inteira ou parcialmente, falsas um pouco por todo o mundo. Em resposta, alguns países mudaram as suas leis para punir os autores com coimas, e até prisão. A questão é bastante polémica pois põe em risco as liberdades de expressão e imprensa.

Foto
Freepik.com

O governo da Malásia defendeu esta sexta-feira uma nova lei para combater a ascensão de notícias falsas relacionadas com a covid-19 e o estado de emergência em curso no país, avançou a agência Reuters. A medida foi alvo de criticas, já que pode ser usada para silenciar dissidentes e restringir a liberdade de expressão. Na verdade, são vários os países com medidas e leis que, de várias formas, protegem os governos das notícias falsas durante a pandemia, mas também os isentam do escrutínio da imprensa e dos próprios cidadãos.