Governo vai escolher personalidade independente para acompanhar gestão do PRR

Modelo de gestão do PRR dá coordenação política ao primeiro-ministro e a presidência da comissão de acompanhamento a uma “personalidade independente de reconhecido mérito”.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Centralização na gestão e descentralização na execução. É este o princípio geral que o Governo quer assegurar no Plano de Recuperação e Resiliência, PRR, cujo modelo de gestão vai ser discutido esta quinta-feira em Conselho de Ministros, altura em que vai ficar definida como se vai compor a Estrutura de Missão Recuperar Portugal – à qual vai caber a coordenação técnica do programa. O modelo de governação também prevê a criação de uma comissão nacional de acompanhamento, que será presidida “por uma personalidade independente de reconhecido mérito designada pelo primeiro-ministro”.