Farfetch tem primeiro trimestre positivo mas custo de financiamento baralha contas

Pela primeira vez na sua história, a empresa teve três meses com resultado operacional ajustado positivo. Porém, a valorização das acções agravou peso da dívida convertível na contabilidade.

Foto
José Neves, fundador e CEO da Farfetch Fernando Veludos/NFACTOS (arquivo)

Pela primeira vez na história, a Farfetch conseguiu fechar as contas de um trimestre com um resultado operacional ajustado positivo. Não fossem os custos de financiamento pesarem sobremaneira no registo contabilístico, e não se falaria de outra coisa.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários