Casa Piriquita leva travesseiros e queijadas de Sintra a todo o país

Aos 159 anos, a pastelaria de Sintra lançou uma loja online, com entrega ao domicílio da icónica doçaria.

servicos-entregas,docaria,sintra,alimentacao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
DR
servicos-entregas,docaria,sintra,alimentacao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
DR
servicos-entregas,docaria,sintra,alimentacao,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
DR

Os famosos travesseiros, criados na década de 1940 por Constância Luísa Cunha, filha da fundadora, a partir de um livro de receitas antigo (e com um segredo que só “a família directa”, hoje na sexta geração, conhece); mas também as queijadas tradicionais da vila, o pastel de Sintra e o da Cruz Alta, as nozes douradas ou uma versão de travesseiros recheada com Nutella.

A doçaria que fazia filas de turistas (e não só) à porta das pastelarias da Piriquita, na vila de Sintra, está agora disponível para encomendas online, através do site da casa centenária, fundada em 1862.

Consequência da pandemia, desde Maio do ano passado, quando reabriu portas após o primeiro período de confinamento, que a Piriquita faz entregas ao domicílio, a partir das redes sociais, e-mail e telemóvel. O “sucesso” fez com que começassem “a idealizar uma ‘nova receita’ para a casa mãe”: a abertura de uma nova loja, agora online, contam no site.

Desde 21 de Janeiro que é possível encomendar uma variedade de doces a partir da página, entregues em qualquer ponto de Portugal Continental. Na zona da Grande Lisboa, as entregas são realizadas de quarta a domingo, entre as 9h e as 20h, e demoram, em média, um dia útil (fins-de-semana incluídos). Para o resto do país, estima-se que as encomendas demorem entre dois a três dias úteis.

As encomendas têm de ter um valor mínimo de 9€, sendo que as compras acima de 19,99€ têm entrega gratuita na zona da Grande Lisboa. Nos restantes casos, acrescenta-se taxa de entrega (4,99€ na região e 7,69€ para o resto do país).