Minimercado Familiar de Lagos: “Faço tudo para satisfazer o cliente, por isso é que estou aqui há quase 25 anos”

Quando abriu, em 1996, só havia um hipermercado em Lagos. Outros chegaram, mas o Minimercado Familiar mantém-se firme. Fórmula? “Simpatia, fruta boa, pão bom” e charcutaria da região. Com a pandemia, muito, muito trabalho.

Foto
O Minimercado Familiar, em Lagos, celebra em Abril o 25.º aniversário Mara Gonçalves

Ainda não são 9h e pela caixa já passaram uns dez clientes. “Tem stevia?”, pergunta um à entrada. “Ali em baixo, atrás daquela menina”, aponta José Domingos. Há quem passeie o cachorro e aproveite para encomendar, da porta, os três pães com chouriço que não tardam a chegar com a remessa da manhã. Clientes e funcionários, quase todos se tratam pelo nome. Ainda o padeiro enche as prateleiras e já há gente na fila.