Inspectores do SEF poderão vir a ter de pagar ao Estado indemnização de 800 mil euros à família de Ihor

Família aceitou valor fixado pela Provedora da Justiça. Lei prevê pedido do valor da indemnização de volta aos responsáveis. Os inspectores Luís Silva, Duarte Laja e Bruno Sousa podem ter de reembolsar o Estado se se der como provado que assassinaram Ihor Homenyuk.

Foto
Rui Gaudencio

Os três inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que estão acusados de homicídio qualificado de Ihor Homenyuk, que morreu a 12 de Março no centro de instalação temporária do aeroporto de Lisboa, poderão ter de devolver ao Estado o valor da indemnização que vai ser pago à família no caso de virem a ser condenados.