Número de alunos com acção social em queda. A excepção é o 1.º ciclo do ensino básico

Relatório Estado da Educação 2019, do Conselho Nacional de Educação, refere que no ano lectivo 2018/19 houve mais 12.317 alunos do 1.º ciclo do ensino básico apoiados em relação ao ano lectivo anterior. Quantos aos restantes ciclos e secundário, o número de abrangidos pelo apoio do Estado baixou.

Foto
Daniel Rocha

O número de alunos a beneficiar de acção social escolar (ASE) está a descer, seguindo uma tendência que se tem observado “ao longo dos últimos dez anos”, diz o relatório Estado da Educação 2019. Mas o documento do Conselho Nacional de Educação aponta uma excepção. No ano lectivo 2018/19 o número de alunos do 1.º ciclo do ensino básico apoiados subiu em relação ao ano lectivo anterior: foram mais 12.317 crianças. Já em relação aos restantes ciclos de ensino houve “menos 8025 alunos no 2.º CEB [abrangidos], menos 11.211 no 3.º CEB e menos 5038 no ensino secundário”.

Sugerir correcção
Comentar