Um concerto para ver o cinema de Fellini

A Orquestra Metropolitana de Lisboa, acompanhada pelo pianista Benedetto Lupo, interpretam a música que Nino Rota compôs para os filmes do mestre italiano. O concerto acontece dia 6 de Dezembro, às 11h, no Cinema São Jorge, em Lisboa, e insere-se nas comemorações do centenário do nascimento do realizador de La Dolce Vita.

Foto
Fellini nasceu a 20 de Janeiro de 1920 em Rimini Walter Albertin, World Telegram

Descobrir Fellini a partir de outra das dimensões do seu cinema, neste caso, a música que Nino Rota compôs para os seus filmes. Eis o que vamos ver e ouvir no próximo dia 6 de Dezembro, às 11h, no Cinema São Jorge, em Lisboa, num concerto que reunirá a Orquestra Metropolitana de Lisboa ao pianista Benedetto Lupo.

O concerto “Um século de Fellini”, co-organizado pelo Instituto Italiano de Cultura de Lisboa e a Orquestra Metropolitana de Lisboa, surge no âmbito das comemorações do centenário do mestre italiano do cinema, nascido a 20 de Janeiro de 1920 em Rimini. Pelo concerto passará música de filmes como La Dolce Vita, Amarcord ou A Estrada. Criada por Nino Rota, parceiro musical emblemático de Fellini, contribuiu decisivamente para um cinema onde “convivem sentido de beleza, capacidade inventiva e leveza, ou seja, o sentido do nosso Made in Italy”, afirma Marco Leonetti, director da Cinemateca de Rimini, no comunicado à imprensa que anuncia “Um século de Fellini”. “Ninguém como Fellini entendeu e soube contar a identidade mais profunda de Itália. E fê-lo num estilo inimitável, tornando-se ele próprio, mais do que um adjectivo, um símbolo: o símbolo da criatividade, do gosto e da sensibilidade italianos”, afirma Leonetti.

Benedetto Lupo, prestigiado pianista nascido em Bari, viaja até Portugal para, juntamente com a Metropolitana dirigida pelo maestro Rui Pinheiro, nos levar a imaginar Fellini através da música que Nino Rota criou para os planos que filmou e para as personagens que tão bem soube pôr em tela.

No cumprimento das normas da Direcção-Geral de Saúde em vigor, a lotação da sala será limitada a 396 lugares. Os bilhetes estão à venda, online, pelo preço de 12 euros.