Vacina da covid-19 poderá chegar mais tarde para as crianças

Os ensaios clínicos em crianças e jovens devem começar o quanto antes, defende-se num estudo publicado na sexta-feira. Autores temem que não haja uma vacina para crianças no início do próximo ano lectivo.

ciencia,organizacao-mundial-saude,virus,vacinas,medicina,doencas,
Foto
A empresa farmacêutica Sinovac começará em breve testes da vacina experimental contra a covid-19 em 552 crianças e adolescentes LUSA/WU HONG

A vacina da covid-19 para crianças e adolescentes poderá chegar mais tarde do que aquela que será administrada a adultos. Os ensaios clínicos que agora decorrem ainda não incluem pessoas com menos de 18 anos: como confirmou o PÚBLICO, todas as nove vacinas experimentais para a covid-19 que estão na fase 3 de ensaios clínicos – a última etapa, em que são administradas a dezenas de milhares de pessoas – estão a ser apenas testadas em pessoas com mais de 18 anos.