Um terço dos incêndios deste ano começou com fogo posto

O quarto relatório provisório do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas revela que 32% dos incêndios foram ateados de forma intencional.

Foto
Castelo Branco foi o distrito onde houve mais área ardida este ano PAULO PIMENTA

Álcool, estupefacientes, vingança, reincidentes. Homens, mulheres e até um bombeiro. Vão chegando quase numa base diária as notificações das detenções de suspeitos de terem ateado incêndios, ora feitas pela Polícia Judiciária, ora pela Guarda Nacional Republicana.