Torne-se perito

EUA com 1,31 milhões novos pedidos de desemprego numa semana

Registo fica ligeiramente abaixo do estimado por analistas, mas o total continua historicamente alto. O país tem 18 milhões de desempregados.

Fila de desempregados no Kentucky à espera de vez para pedirem subsídio de desemprego
Foto
Fila de desempregados no Kentucky à espera de vez para pedirem subsídio de desemprego Reuters/Bryan Woolston

Os Estados Unidos registaram 1,314 milhões de novas inscrições no desemprego na semana passada, uma descida em relação à semana anterior e ligeiramente menos do que era esperado pelos analistas, indicou hoje o Departamento do Trabalho.

Os analistas antecipavam 1,35 milhões de novos pedidos de subsídio de desemprego, numa altura em que diversos estados do sul, como a Florida, registaram um novo aumento de casos de covid-19 e pediram a bares e restaurantes para encerrarem de novo.

Na semana passada, 1,413 milhões de pessoas tinham-se inscrito no desemprego, um número agora revisto em baixa.

No total, há 18 milhões de pessoas no desemprego, um número que também desceu em relação à semana precedente, mas que continua a um nível bastante elevado. No mesmo período do ano passado, havia 1,7 milhões de norte-americanos a receber subsídios de desemprego.

Após uma estabilização da epidemia na costa leste dos Estados Unidos, nomeadamente em Nova Iorque, uma região particularmente afectada, os casos de infecções aumentaram no Sul e no Oeste do país.

Vários estados foram obrigados a suspender o processo de desconfinamento, retomando algumas medidas restritivas.

Sugerir correcção