PCP quer respostas já do Governo para trabalho e salários

Apoios para vencer a pandemia e uma mudança estrutural no mundo laboral: “Precisamos fazer o combate imediato e a corrida de fundo”, diz a deputada Diana Ferreira.

estado,trabalho-emprego,politica,jeronimo-sousa,pcp,governo,
Foto
Anna Costa / Publico

O mercado laboral é terreno de batalha dos comunistas desde há muito e a luta intensificou-se no início da pandemia, por ser preciso responder a problemas graves como despedimentos e suspensão da actividade empresarial. E há-de continuar na discussão do Orçamento Suplementar e até para além disso. Porque, afirma a deputada Diana Ferreira, a crise criada pela covid-19 veio pôr a nu os problemas estruturais da economia portuguesa e que, de forma clara, assolam o mercado de trabalho: baixos salários, precariedade, perda de direitos.