Pandemia mostra que é preciso modernizar lei do teletrabalho

Para empresas, teletrabalho é um caminho para transferir custos para o trabalhador. Para estes, nem tudo foi um mar de rosas. No futuro, é preciso mexer no Código do Trabalho.

trabalho,empresas,economia,emprego,codigo-trabalho,industria,
Foto
rui gaudencio/Arquivo

O confinamento gerou “uma súbita transição” para o teletrabalho, uma realidade que era “altamente minoritária” antes da pandemia e que agora espelha duas coisas: as assimetrias económicas e sociais das classes trabalhadoras e o carácter obsoleto da legislação que regula o teletrabalho. Estas são duas das conclusões do estudo Trabalho e Desigualdades no Grande Confinamento II – Desemprego, Layoff e Adaptação ao Teletrabalho, assinado por oito investigadores do CoLABOR.