UGT admite rever aumentos na Função Pública para 2021 à luz da crise. A CGTP não

O Governo fixou aumentos de, pelo menos, 1% nos salários da Função Pública para 2021. Pandemia da covid-19 levou o executivo a pôr esta garantia em causa.

Foto
Daniel Rocha

A CGTP e a UGT mantêm em cima da mesa a reivindicação do aumento salarial para a Função Pública previsto para 2021, mas as duas centrais sindicais têm visões diferentes do que pode acontecer no pós-pandemia. Enquanto Isabel Camarinha nem quer pensar na ideia de o Governo não cumprir o aumento de 1% acertado com a Administração Pública, Carlos Silva abre a porta a uma negociação, em função do que vier a ser a realidade do país em resultado da actual crise.