Em directo do seu confinamento, Jean-Luc Godard vai falar sobre o coronavírus

Cineasta suíço dá esta terça-feira uma masterclass no Instagram sobre o lugar da imagem no tempo da pandemia.

,Celular
Foto
Godard "em Cannes" em 2018 Regis Duvignau/ Reuters

Em 2018, quando estreou em Cannes a sua longa-metragem O Livro da Imagem, Jean-Luc Godard optou por manter-se em casa, e falou aos espectadores do festival francês através das redes sociais, via FaceTime. Esta terça-feira, o cineasta suíço de 89 anos vai voltar a fazer uma aparição pública, mas de novo sem abandonar a reclusão do seu domicílio no cantão de Vaud. O realizador de O Desprezo vai dar uma masterclass, em directo via Instagram, a partir das 14h30 locais (13h30 em Portugal) sobre O tempo do coronavírus, em que irá abordar os problemas do mundo contemporâneo e o lugar da imagem neste tempos conturbados.

A intervenção de Godard resulta de uma iniciativa do Departamento de Cinema da Escola Cantonal de Arte de Lausanne, e o cineasta estará à conversa com Lionel Baier, responsável por este departamento e também co-fundador da produtora suíça Bande à Part Films – título de um filme de referência do movimento da Nouvelle Vague, que Godard realizou em 1964, protagonizado por Anna Karina, a sua diva e ex-mulher, que morreu em Dezembro passado.

Sugerir correcção