O conflito de interesses de Nuno Artur Silva

O equilibrismo que Nuno Artur Silva anda a tentar fazer desde 2015 entre cargos públicos e negócios privados não tem defesa possível.

Nuno Artur Silva concedeu uma entrevista ao PÚBLICO no último sábado, que deveria ter sido aproveitada para esclarecer as suspeitas de conflito de interesses após a venda da sua antiga empresa (as Produções Fictícias) a um sobrinho. Infelizmente, o que precisava de ser esclarecido não foi, e o que foi esclarecido não é, de todo, favorável ao actual secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media.