Criadores denunciam campanha “radical e agressiva” contra consumo de carne

Proposta do PAN, para taxa de 81 cêntimos por quilo de carne, foi chumbada no Parlamento, mas associação não está descansada.

Foto
LUSA/NUNO VEIGA

Os criadores de vacas estão preocupados com o futuro do sector em Portugal por causa do que dizem ser uma campanha política para acabar com o consumo de carne, através de “propostas demagógicas e populistas” que “constituem um efectivo ataque ao ‘mundo rural’”.