Fotogaleria

Os projectos alternativos para a nova Gulbenkian

Exposição da Gulbenkian mostra as propostas de todos os arquitectos convidados para o concurso de ampliação do antigo CAM e jardim. 

Carla Juaçaba
Fotogaleria
Carla Juaçaba

Na próxima sexta-feira, a Fundação Calouste Gulbenkian vai inaugurar uma exposição com os projectos de todos os concorrentes convidados a apresentar ideias para a ampliação do seu jardim e do antigo Centro de Arte Moderna (CAM), em Lisboa, resultado de um concurso de ideias lançado no início do ano passado em que foram convidadas 12 equipas. 

Na Galeria do Piso Inferior do edifício-sede, até ao final de Março, vão mostrar-se as alternativas ao projectos vencedor pensadas por seis ateliers nacionais e cinco estrangeiros com recurso a desenhos, imagens 3D e vídeo: Aires Mateus (Portugal), Barbas Lopes (Portugal), Carla Juaçaba (Brasil), Christ & Gantenbein (Suíça), Inês Lobo (Portugal), John Pawson (Reino Unido), Junya Ishigami (Japão), Menos é Mais (P0rtugal), Pedro Domingos (Portugal), SAMI (Portugal) e Tatiana Bilbao (México).  

O júri presidido pelo arquitecto português Gonçalo Byrne escolheu a proposta do arquitecto japonês Kengo Kuma, em associação com o arquitecto paisagista libanês Vladimir Djurovic. 

Carla Juaçaba
Carla Juaçaba
Aires Mateus
Aires Mateus
Aires Mateus
Aires Mateus
Christ & Gantenbein
Christ & Gantenbein
Christ & Gantenbein
Christ & Gantenbein
Barbas Lopes
Barbas Lopes
Barbas Lopes
Barbas Lopes
Inês Lobo
Inês Lobo
Inês Lobo
Inês Lobo
Junya Ishigami
Junya Ishigami
Junya Ishigami
Junya Ishigami
Pedro Domingues
Pedro Domingues
Pedro Domingos
Pedro Domingos
Tatiana Bilbao
Tatiana Bilbao
Tatiana Bilbao
Tatiana Bilbao
Menos é Mais
Menos é Mais
Menos é Mais
Menos é Mais
SAMI
SAMI
SAMI
SAMI
John Pawson
John Pawson
John Pawson
John Pawson
O projecto vencedor de Kengo Kuma
O projecto vencedor de Kengo Kuma
Sugerir correcção