De Michael Jordan a Obama: estas foram as reacções à morte de Kobe Bryant

O basquetebolista de 41 anos é recordado como “um dos maiores atletas da sua geração” e “uma lenda no campo”.

,Basquetebol
Foto
Reuters/Danny Moloshok

Kobe Bryant, um dos nomes maiores do basquetebol, morreu no passado domingo, vítima de um acidente de helicóptero que também matou a sua filha de 13 anos, Gianna. A notícia apanhou desprevenido o mundo do desporto e várias celebridades reagiram à notícia — de Donald Trump a Reese Witherspoon, passando por Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. 

“É tão triste ouvir as notícias avassaladoras das mortes de Kobe e da sua filha Gianna. Kobe era uma verdadeira lenda e inspiração para muitos. Envio as minhas condolências à sua família e amigos e às famílias de todos que perderam a vida no acidente. Lenda RIP [Descansa Em Paz]”, escreveu futebolista português e jogador da Juventus Cristiano Ronaldo, no Twitter.

“Não tenho palavras. Envio todo o meu amor à família e amigos de Kobe. Foi um prazer conhecê-lo e partilhar bons momentos juntos. Ele era um génio como poucos outros”, elogiou o futebolista argentino e jogador do Barcelona Lionel Messi, no Facebook.

“As palavras não descrevem a dor que estou a sentir. Eu amava Kobe, ele era como um irmão mais novo para mim. Costumávamos conversar com frequência. Vou sentir muita falta dessas conversas. Era um competidor feroz, um dos grandes nomes do jogo e uma força criativa. Kobe também era um pai incrível que amava profundamente a sua família e orgulhava-se do amor da sua filha pelo basquetebol”, disse Michael Jordan, lenda da NBA, em comunicado.

“Ao lado de milhões de atletas e fãs de todo o mundo, estamos devastados pelas notícias trágicas de hoje. Enviamos as nossas mais sinceras condolências aos que eram mais próximos de Kobe, especialmente à família e amigos. Era um dos maiores atletas da sua geração e teve um impacto incomensurável no mundo do desporto e na comunidade do basquetebol. Era um membro querido na família Nike. Iremos sentir muito a sua falta. Mamba para sempre”, lê-se na mensagem partilhada nas redes sociais da Nike. 

“Kobe Bryant, para além de ser um dos melhores jogadores de basquetebol de todos os tempos, estava apenas a começar a sua vida. Amava tanto a sua família e tinha uma paixão muito forte pelo futuro. A perda da sua linda filha, Gianna, faz com que este momento seja ainda mais devastador. Melania e eu enviamos as nossas condolências a Vanessa e à maravilhosa família Bryant”, escreveu o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na rede social Twitter.

“Kobe era uma lenda no campo e estava apenas a começar o que teria sido um igualmente importante segundo acto. Perder Gianna é ainda mais doloroso para nós, como pais. Michelle e eu enviamos amor e as nossas orações a Vanessa e a toda a família Bryant num dia impensável”, escreveu o ex-Presidente dos Estados Unidos Barack Obama, no Twitter.

“É uma realidade inacreditável que ele não esteja mais aqui”, admitiu o jogador de golfe Tiger Woods.

“Kobe não era apenas um ícone na arena desportiva, ele era um homem do mundo e tocou tantas vidas e comunidades da maneira mais positiva. A sua estrela continuava a subir todos os dias e ele não conhecia limites por causa dos seus muitos talentos intelectuais e criativos e desejo de retribuir aos outros. A sua paixão pelo jogo, pela sua família e pelos outros era visível em tudo o que realizou”, admitiu Larry Bird, lenda da NBA, em comunicado.

“É simplesmente uma grande perda para o basquetebol. Ele foi um óptimo exemplo em muitos palcos diferentes”, considerou o rapper Rick Ross nos Grammy Awards.

“Jeannine e eu estamos absolutamente chocados ao saber da perda de uma das minhas pessoas favoritas e uma das melhores mentes da história do basquetebol! Os nossos corações e orações são dirigidas a Vanessa e às suas filhas. @kobebryant tu eras o meu maior fã, mas eu era o teu”, escreveu a lenda da NBA Bill Russell, na rede social Twitter.

“Durante 20 temporadas, Kobe mostrou-nos o que é possível quando talentos notáveis se misturam com uma devoção absoluta à vitória. Ele foi um dos jogadores mais extraordinários da história do basquetebol, com conquistas lendárias: cinco campeonatos da NBA, um prémio NBA MVP [Jogador Mais Valioso], 18 selecções da NBA All-Star [equipa de melhores jogadores do ano] e duas medalhas de ouro olímpicas. Mas ele será lembrado principalmente por inspirar as pessoas em todo o mundo a pegar uma bola de basquetebol e competir da melhor maneira possível. Foi generoso com a sabedoria que adquiriu e considerou como sua missão partilhá-la com as gerações futuras de jogadores, tendo um prazer especial em transmitir o seu amor pelo jogo a Gianna”, afirmou Adam Silver, comissário da NBA, em comunicado.

“Kobe Bryant foi de longe o maior atleta que tive o privilégio de representar durante os meus 35 anos como agente de jogadores. E eu representei muitos grandes atletas. Conheço Kobe desde que ele tinha 17 anos de idade. Ele tinha uma curiosidade intelectual assustadora e seu entusiasmo era contagiante. O brilho nos seus olhos não era apenas alegria: eram faíscas de um fogo que não podia ser abafado. Para ele, nada menos que o melhor era fracasso. Ele amava profundamente a sua esposa Vanessa e a família que eles criaram, Natalia, Gianna, Bianka e Capri. Ele amava as suas filhas e elas sempre eram a sua principal prioridade. Perder Gianna torna isso ainda mais trágico. A morte de Kobe é especialmente dolorosa, sabendo do que ele era capaz e do que ele poderia ter conseguido na sua vida pós-NBA. Ele já estava a caminho, continuando a ter uma vida tão impactante”, homenageou Arn Tellem, ex-agente de Bryant e agora vice-presidente do Detroit Pistons.

“Simplesmente arrasada ao ouvir sobre #KobeBryant. Um atleta extraordinário e um homem genuinamente gentil e maravilhoso. Envio amor, orações e compaixão para a sua família. Para toda a família @NBA, também”, considerou a actriz Reese Witherspoon, na rede social Twitter.

“Enquanto escrevo no meio de lágrimas, estou muito triste. Não consigo parar de chorar. Kobe foi fundamental para muitas pessoas. Há um buraco no mundo do basquetebol e haverá por muito tempo. Que descanse em paz celestial”, escreveu o reverendo Jesse Jackson, na rede social Twitter.

“Hoje, na @WaltDisneyCo, lamentamos a perda trágica de @kobebryant, um gigante no desporto e uma pessoa tão cheia de vida. Notícias terríveis e difíceis de processar”, sublinhou Robert Iger, presidente e CEO da Disney, na rede social Twitter.

“Um verdadeiro gladiador dos nossos tempos. Tu estarás para sempre nas nossas memórias, nas memórias de nossas crianças e nas gerações vindouras”, escreveu  Wyclef Jean, na rede social Twitter.

“Estou sem palavras. @kobebryant era um amigo de longa data, uma inspiração. Amar-te-ei sempre. #RIPMAMBA”, dedicou o ex-jogador de futebol norte-americano Keyshawn Johnson

“Estou chocado com a morte de @kobebryant, um atleta exemplar dentro e fora do campo de basquetebol. As nossas mais sinceras condolências à sua família e entes queridos. Que descanse em paz”, escreveu clube de futebol espanhol Barcelona no Twitter.

“Kobe Bryant, descansa em paz. Inacreditável, inacreditavelmente triste”, lamentou a lenda da NBA Isiah Thomas, na rede social Twitter.

“O apoio de Kobe à WNBA [principal liga de basquetebol feminino norte-americana] (...), juntamente com sua paixão por ajudar rapazes e raparigas a seguirem os seus sonhos, fizeram dele uma verdadeira lenda para o nosso desporto. Admiramo-lo não apenas como um lendário jogador de basquetebol, mas como um pai, um treinador de jovens e um modelo para as gerações futuras de atletas”, considerou a comissária da WNBA, Cathy Engelbert, em comunicado.

Sugerir correcção