Brad Pitt e Jennifer Aniston celebram juntos os SAG Awards

Pitt foi escolhido como melhor actor secundário no filme Era uma vez... em Hollywood e Aniston recebeu o prémio de melhor actriz na série dramática The Morning Show.

Fotogaleria
Brad Pitt e Jennifer Aniston estiveram juntos de 2000 a 2005 Getty Images
Fotogaleria
O ex-casal celebrou as conquistas DAVID SWANSON/LUSA
Brad Pitt
Fotogaleria
Pitt, 56 anos, foi escolhido como melhor actor secundário no filme Era uma vez... em Hollywood Reuters/MARIO ANZUONI
,Ator
Fotogaleria
Aos 50 anos, a actriz recebeu o prémio para melhor actriz na série The Morning Show Reuters/MARIO ANZUONI
Brad Pitt
Fotogaleria
Brad Pitt fez um elogio à indústria cinematográfica Reuters/MARIO ANZUONI
,Prêmio Screen Actors Guild por Melhor Desempenho por Elenco em Filme
Fotogaleria
Jennifer Aniston elogiou os criadores da série onde contracena com Reese Witherspoon e Steve Carell Reuters/MARIO ANZUONI
Joaquin Phoenix
Fotogaleria
Reuters/MONICA ALMEIDA
,Ator
Fotogaleria
Reuters/MONICA ALMEIDA

Brad Pitt e Jennifer Aniston, que estiveram casados durante cinco anos, tiveram motivos para comemorar durante a entrega dos prémios Screen Actors Guild (SAG Awards), neste domingo. O ex-casal reuniu-se por alguns momentos nos bastidores e as imagens do encontro são das mais procuradas nas redes sociais. A culpa é da própria organização dos prémios que publicou um tweet que não tinha nenhuma mensagem especial, apenas “deixamos isto aqui”. O “isto” é um conjunto de imagens do reencontro.

Pitt, 56 anos, foi escolhido como melhor actor secundário no filme Era uma vez... em Hollywood, de Quentin Tarantino, e Aniston, 50 anos, recebeu o prémio de melhor actriz na série dramática The Morning Show, trama que partilha com Reese Witherspoon e Steve Carell e que foi a principal aposta da Apple TV+, que se estreou em Novembro.

No seu discurso, Brad Pitt fez uma alusão à sua vida amorosa antes mesmo de agradecer o prémio, ao dizer que vai incluí-lo no seu perfil do Tinder, uma aplicação para encontros românticos. O actor faz ainda uma referência ao casamento quando ironiza sobre como foi “difícil” colocar-se na pele de alguém que é toxicodependente e que não cumpre com a sua mulher. A plateia riu-se e, entre os vários actores que são filmados, a câmara foca-se em Aniston, que sorri. 

Tal como aconteceu há dez dias, durante a entrega dos prémios da National Board of Review, durante a qual o actor também foi escolhido como melhor secundário, também desta vez Brad Pitt foi emotivo e declarou: “Todos conhecemos a dor, a solidão e trazemo-las para o ecrã. Assim como todos temos momentos de graça e sabedoria e trazemo-los para o ecrã. Todos já rimos do nosso ridículo.”

Por seu lado, Jennifer Aniston elogiou os criadores do The Morning Show por moldarem personagens “complicadas, complexas, feias, simples e maravilhosamente humanas”.

Foi nos bastidores que o actor assistiu à entrega do prémio a Aniston, sempre com um sorriso, e a ex-mulher quando chegou àquele espaço, cumprimentou-o, trocando algumas palavras e dando as mãos. O casal esteve junto de 2000 a 2005. Depois Brad Pitt contracenou com Angelina Jolie, acabando por casar com a actriz, com quem esteve 12 anos e de quem se separou em 2016; Aniston também seguiu a sua vida, tendo voltado a casar com Justin Theroux, acabando por se separar em 2017.