Bloco propõe subir taxa que financia cinema até 3,5 euros e alargá-la à Netflix

A taxa que os operadores pagam, por cada cliente de televisão, para financiar o cinema, sobe este ano para dois euros. Bloco quer taxa mais alta e alargada à Netflix.

Cinema Trindade Porto
Foto
PAULO PIMENTA

O Bloco de Esquerda quer pôr os operadores de telecomunicações a pagarem o dobro do que têm pago até agora para financiar o desenvolvimento da produção cinematográfica e do sector audiovisual.