Proudly Portugal: lançada a primeira campanha internacional para turistas LGBTI

A campanha foi lançada oficialmente esta sexta-feira: iniciativa da Variações, associação que junta empresas portuguesas especializadas na comunidade, tem o apoio do Turismo de Portugal.

Foto
Uma das imagens de promoção incluídas na campanha DR

Promover Portugal internacionalmente como destino para a comunidade LGBTI ​(Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo) é o objectivo da campanha da Variações – Associação de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal, apresentada esta sexta-feira, em Lisboa. Proudly Portugal conta com o apoio do Turismo de Portugal e deverá representar o país neste segmento em várias feiras internacionais.

Presente no lançamento oficial da iniciativa, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, destacou que o projecto se integra nos desafios do turismo português, que se pretende que cresça “para todos os tipos de turistas”, além de “crescer em todo o território” e “todos os dias do ano”. Focando a diversificação de mercados, embora sem adiantar números, a responsável salientou que o "segmento LGBTI tem um poder de compra elevado”. Já a Variações estima, no seu site, que a comunidade represente em Portugal, em matéria de comércio e turismo, “quase 2.000 milhões de euros de receitas".

“Promover Portugal como destino LGBTI” é precisamente uma das directivas estabelecidas na Estratégia Turismo 2027, um documento apresentado em 2017 que define as prioridades para o futuro e a diversificação do turismo em Portugal.

“Apesar de não existirem estudos específicos sobre este segmento em Portugal”, referia o Turismo de Portugal em comunicado aquando do lançamento da campanha, “estima-se que o país recebe, anualmente, cerca de dois milhões de hóspedes LGBTI”.

O vídeo que serviu de lançamento da campanha, e que só no Facebook já atingiu mais de 45 mil visualizações, apresenta vários casais a passear por diferentes zonas de Portugal: Lisboa, Porto, Peniche, Faro, Loulé. No próximo mês, adianta Diogo Vieira da Silva, director-executivo da Variações, criada em 2018, começarão a ser divulgados pequenos vídeos focados na história de cada casal.

Segundo Nuno Tenazinha, da agência criativa Kobu, responsável pela campanha, os conteúdos “já foram vistos mais de um milhão de vezes”. Já Carlos Sanches Ruivo, presidente da Variações, reforçou que a campanha Proudly Portugal será um dos “principais vectores de promoção” para atrair turistas da comunidade LGBTI.

Além de aliciar a uma visita a Portugal, a campanha quer inspirar à partilha de experiências no país, sobretudo nas redes sociais. No site do projecto Proudly Portugal, os visitantes são convidados a responder a um pequeno inquérito sobre a experiência em terras nacionais.

Entre as experiências destacadas surgem “Rotas Históricas no Algarve”, “Um dia em Família em Loulé”, “O espírito colorido da Invicta”, “Em busca de ondas em Peniche” e “O Amor tem um nome na Quinta do Lago”.

Já este mês, a campanha representará o país na secção LGBTI da Fitur, Feira Internacional de Turismo de Madrid. “Pela primeira vez, Portugal vai ter um stand próprio” na Fitur Gay, conta o director-executivo da Variações ao PÚBLICO. A presença está também confirmada no evento Proud Experience, em Nova Iorque, e em duas das maiores feiras de turismo do mundo, a ITB de Berlim e a World Travel Market de Londres.

Texto editado por Luís J. Santos