Descobertos 20 migrantes em dois camiões na Bélgica

Os migrantes estão em bom estado de saúde. A proximidade da Bélgica do Reino Unido faz com que o país seja frequentemente utilizado por redes de tráfico.

Diocese Católica Romana de Limburgo
Foto
Um dos camiões foi detectado em Saint-Trond, pertencente a Limburgo (na foto) Reuters/WOLFGANG RATTAY

A polícia belga detectou neste sábado dois camiões que transportavam ilegalmente 20 migrantes, um em Saint-Trond (Leste), com 11 pessoas a bordo, e outro em Bruges (Noroeste), com nove, anunciaram as procuradorias das duas regiões.

As 11 pessoas encontradas em Saint-Trond, localidade a cerca de 65 quilómetros a leste de Bruxelas, são de origem africana, provavelmente eritreia, segundo a procuradoria de Limburgo. O grupo, que inclui mulheres e crianças, está aparentemente bem de saúde, acrescentou.

O motorista do camião, que viajava com destino ao Reino Unido, parou numa garagem devido a um problema mecânico e foi nessa altura que os migrantes foram descobertos.

No outro caso, em Bruges, a polícia recebeu um alerta sobre a presença de migrantes num camião que seguia para o porto de Zeebruges e interceptou o veículo numa via rápida. Os migrantes dizem ser iraquianos e estão também aparentemente bem de saúde, segundo fonte da procuradoria da Flandres ocidental.

A proximidade da Bélgica do Reino Unido faz com que o país seja frequentemente utilizado por redes de tráfico.

Esta semana, as autoridades britânicas encontraram 39 migrantes mortos dentro de um camião frigorífico num parque industrial junto ao porto de Essex, a leste de Londres. O camião, conduzido por um norte-irlandês que foi neste sábado acusado de homicídio, era proveniente do porto belga de Zeebruges.