CUF com avaliações gratuitas de diagnóstico precoce de cancro da mama

Os rastreios realizam-se em nove unidades CUF, de norte a sul, entre os dias 28 e 31 de Outubro.

Foto
As avaliações são, sobretudo, dirigidas a mulheres com mais de 35 anos FERNANDO VELUDO/NFACTOS

A CUF Instituto de Oncologia assinala o mês de prevenção do cancro da mama com avaliações gratuitas de diagnóstico precoce com especialistas em cancro da mama, disponíveis em nove unidades — Almada, Infante Santo, Descobertas, Cascais, Sintra, Santarém, Porto, Viseu e Coimbra —, entre os dias 28 e 31 de Outubro.

A iniciativa decorre na sequência de, apesar de as taxas de sobrevivência ao cancro da mama serem muito elevadas, continuar a ser registada uma elevada mortalidade quando o diagnóstico é tardio. “Devemos conhecer bem o nosso corpo, estar atentos a alterações mamárias, conhecer a história familiar, ir ao médico, pelo menos, uma vez por ano e adoptar um estilo de vida saudável. Estas são medidas que podem fazer a diferença para nos protegermos do cancro da mama”, descreve a coordenadora da Unidade da Mama da CUF Lisboa, Ida Negreiros, citada em comunicado.

As avaliações são, sobretudo, dirigidas a mulheres com mais de 35 anos, mas também estão disponíveis para homens que detectem alguma alteração mamária significativa. Ainda assim, a coordenadora da Unidade da Mama do Hospital CUF Porto, Noémia Afonso relembra que “apesar de o cancro da mama aparecer numa idade mais avançada, há cada vez mais casos diagnosticados em mulheres jovens”. “Todas as mulheres têm de estar atentas. A detecção e tratamento atempado e adequado permitem ultrapassar a doença e retomar a vida normal.” 

Apesar de gratuita, a participação nas consultas de diagnóstico precoce carece de inscrição obrigatória: os interessados podem inscrever-se através do número 800 100 077 e podem consultar todas as informações sobre a campanha no site.