Torne-se perito

Falência da Thomas Cook ameaça 80 mil turistas por ano na Madeira

Hoteleiros madeirenses estão apreensivos com o impacto, a longo prazo, do colapso do operador britânico. Respostas dos destinos concorrentes preocupam.

Foto
Reuters/BORJA SUAREZ

Um reforço de 750 mil euros em promoção e a antecipação das campanhas de marketing programadas para Novembro são as medidas mais visíveis do plano de contingência da Madeira para reduzir o impacto da falência do grupo britânico Thomas Cook no turismo da ilha, que ameaça a presença anual de 80 mil turistas.