A exposição estará patente em Weimar, na Alemanha, no âmbito do centenário da Bauhaus
Foto
A exposição estará patente em Weimar, na Alemanha, no âmbito do centenário da Bauhaus DR

The Reasons Offsite: uma exposição virtual itinerante que leva a Bauhaus a percorrer mundo

O atelier de arquitectura português Summary leva a exposição virtual The Reasons Offsite, sobre arquitectura modular e pré-fabricada, a várias partes do mundo. O próximo destino é Weimar, na Alemanha, no âmbito da celebração dos cem anos da Bauhaus.

The Reasons Offsite é uma exposição virtual e imaterial sobre arquitectura modular e pré-fabricada com assinatura do estúdio portuense Summary. Depois dos EUA e Escócia, a mostra segue agora para Weimbar, na Alemanha, onde pode ser visitada de 27 de Setembro a 11 de Outubro, no âmbito do programa oficial do centenário da Bauhaus – a escola fundadora da arte, design e arquitectura do movimento moderno e a instituição impulsionadora da construção modular e pré-fabricada.

The Reasons Offsite, uma exposição virtual

The Reasons Offsite, uma exposição virtual

Segundo Samuel Gonçalves, director executivo da Summary, “o principal objectivo desta exposição é construir uma radiografia da evolução histórica da arquitectura modular e pré-fabricada” — um sistema evolutivo em que cada módulo sai de fábrica completamente pronto. Além disso, “a exposição acaba por se dividir em duas partes”. “Uma delas é a colecção dos 25 edifícios ou sistemas construtivos que ajudaram a construir a história da arquitectura modular e pré-fabricada”, explica o arquitecto ao P3. "A outra diz respeito à vertente mais crítica, por isso nós convidámos um grupo de arquitectos de diferentes partes do mundo para apresentarem, cada um, a sua visão sobre este tema.” A adesão dos vários países, diz, “está a ser muito positiva”. “Estamos muito contentes por conseguirmos criar um efeito surpresa.”

Perante esta exposição “puramente virtual e imaterial”, os visitantes são convidados a utilizar óculos de realidade virtual para “navegarem num espaço virtual de 400 metros quadrados”. Podem, inclusive, “manusear os objectos, visitar a exposição de forma interactiva” e analisar as maquetas expostas de todos os ângulos. Uma vez que este projecto não implica o transporte e a instalação de objectos físicos, não produz nenhum tipo de “lixo ou resíduo”, adiantou o responsável, que crê que esta “é uma exposição muito simples do ponto de vista logístico e ambiental”.

PÚBLICO -
Foto
Esta é uma exposição 100% virtual e imaterial DR

Este trabalho apresenta o tríptico clássico de qualquer exposição de arquitectura: imagens, textos e maquetas. Distingue-se, de acordo com Samuel Gonçalves, “pela originalidade e independência” — nomeadamente pela forma de apresentação ao público — e pelo facto de “este tipo de construção acelerar o processo e tornar mais simples e eficaz a construção”.

Mais que isso, The Reasons Offsite inspira-se na Bauhaus por ter abordado “alguns dos temas relativos à pré-fabricação”. Um dos exemplos que o estúdio Summary mostra é a Packaged House, uma criação de Konrad Wachsmann e Walter Gropius, um dos fundadores da Bauhaus. Do século XVII até à actualidade, são apresentados edifícios de autoria anónima, mas também de arquitectos como Jean Prouvé, cujo trabalho Le Corbusier descrevia como uma síntese entre engenharia e arquitectura, Buckminster Fuller, o criador do veículo Dymaxion e do Museu do Ambiente de Montreal (Biosfera), Shiberun Ban, conhecido pelo uso de materiais pouco convencionais e pelos projectos de filantropia, e do atelier holandês de arquitectura MVRDV, formado por Winy Maas, Jacob Van Rijs e Nathalie de Vries, que se comprometem com um objectivo ideal de bem-estar global.

No desenvolvimento deste projecto, a Summary trabalhou em colaboração com vários arquitectos de vários locais do mundo, ligados à investigação e à curadoria, como Pedro Alonso & Hugo Palmarola, Pablo Jimenez-Moreno, Jorge Christie & Martín Alvarez e Yona Friedman. Durante este ano, a exposição, idealizada por Samuel Gonçalves, fundador do Summary, com Luca Sabbadini, Inês Vieira Rodrigues, João Meira e Borbála Papp, irá passar igualmente pelo Contemporary Architecture Centre, em Budapeste, no âmbito do Contemporary Arts Festival.