Aos 72 anos, Patti Smith é a nova musa da Yves Saint Laurent

A cantora prova que não há idade para se iniciar uma carreira de modelo. Lenda do punk deverá ser a nova cara de uma campanha publicitária de Saint Laurent.

A notícia ainda não foi confirmada pela casa de moda parisiense
Foto
A notícia ainda não foi confirmada pela casa de moda parisiense Enric Vives-Rubio

Aos 72 anos, continua a inspirar quem assiste aos seus concertos, como se pôde comprovar no último Paredes de Coura, em que a autora de Just Kids protagonizou um concerto estratosférico. E Patti Smith não se fica pelos seus já extraordinários feitos, como, por exemplo, reunir um público que cruza todas as gerações. De acordo com o site Page Six, do New York Post, a artista prepara-se para se transformar na cara de uma campanha publicitária da chancela Yves Saint Laurent.

A notícia ainda não foi confirmada pela casa de moda parisiense, mas a Page Six garante que a deusa do rock se vai transformar numa musa da moda by YSL, ainda este mês, ao integrar uma campanha publicitária integrada na colecção de Primavera para 2020.

A concretizar-se, Patti Smith junta-se a uma lista de músicos famosos que já deram a cara pela casa de alta costura francesa: Courtney Love, Marilyn Manson, Daft Punk ou Joni Mitchell.

De acordo com a mesma publicação, a imagem de Patti Smith será eternizada por Steven Sebring, um fotógrafo cujos talentos se cruzam com os da “madrinha do punk: foi o autor da sua fotografia de capa da Spin, em 1995, e, depois de 11 anos a acompanhar de perto o seu percurso, realizou o documentário biográfico Patti Smith: Dream of Life (2008), onde se propõe um mergulho na filosofia e na arte da lendária rocker e que venceu um prémio em Sundance.

Patti Smith é mais uma estrela sénior a entrar no mundo da moda. Ainda esta semana, Sônia Braga, de 69 anos, deslumbrava ao ser capa da Vogue Brasil, na qual exibe orgulhosamente os seus cabelos brancos, e Jane Fonda, de 81, brilhou na primeira página da Vogue Britânica, em Maio deste ano.