A Herdade, uma insólita encomenda

Veneza entre o regresso do cinema português com A Herdade, os gestos sacrificiais de Gloria Mundi, o lirismo de Babyteeth e a nova-velha China de Saturday Fiction.

Foto
O actor Albano Jerónimo em "A Herdade" dr

Dia de A Herdade portuguesa, 14 anos depois de um título português ter estado a concurso no Festival de Veneza. Mesa cheia com a equipa na conferência de imprensa, do produtor Paulo Branco ao realizador Tiago Guedes, passando pelo cast, com destaque para Albano Jerónimo, Miguel Borges ou Sandra Faleiro, até ao montador Roberto Perpignani. É talvez daqueles casos em que um filme é um “projecto” e não uma “autoria”. Até por isso a extensão daquela mesa fez sentido.