Pacotes de açúcar vão ter mensagens para combater violência doméstica

Iniciativa promovida pela GNR e pela Delta Cafés irá adaptar provérbios ao tema da violência doméstica. “Entre marido e mulher mete a colher!”, é uma das mensagens que vai ser inscrita nos pacotes de açúcar.

Foto
GNR

“Não deixes para amanhã a denúncia que podes fazer hoje.” “Entre marido e mulher mete a colher!” “Bater e desculpar, o mal é começar.” Estas são algumas das mensagens que visam combater a violência doméstica e que vão estar inscritas nos pacotes de açúcar da Delta Cafés.

A iniciativa é promovida pela empresa e pela GNR e será lançada esta quinta-feira, às 15h, no Quartel do Carmo, em Lisboa. O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, vai presidir à cerimónia de lançamento da campanha de sensibilização #AmorAssimNão. 

A iniciativa adaptará provérbios portugueses ao tema da violência doméstica, tentando desconstruir preconceitos que fazem com que este crime, que este ano já levou à morte de pelo menos 19 mulheres, não seja mais denunciado.

“Trata-se de uma iniciativa enquadrada numa estratégia de consciencialização, que visa contribuir para a mudança de comportamentos da sociedade e para a progressiva intolerância social face à violência doméstica”, explica a GNR em comunicado.