Sobe para 19 o número de mulheres mortas em contexto de violência doméstica

Mulher de 54 anos foi morta a tiro pelo marido esta sexta-feira em Braga.

Acidente
Foto
Adriano Miranda

Um homem de 59 anos matou esta sexta-feira a mulher, de 54, em Pedralva, no concelho de Braga, com um disparo de uma arma de fogo, disse ao PÚBLICO fonte da GNR. Será a 19ª mulher morta em contexto de violência doméstica desde o início do ano.

O alerta terá sido dado pelo próprio homem, que se entregou no posto da GNR no Sameiro da GNR, junto ao santuário, por volta das 21h30, confessando a autoria do crime. A GNR e o INEM foram então mobilizados para o local da ocorrência, onde esteve uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Braga.

O presumível autor do crime só foi efectivamente detido após elementos da GNR se terem dirigido à casa onde o casal habitava, confirmando os factos relatados pelo homem. A investigação do caso foi entretanto entregue à Polícia Judiciária.

Fonte da GNR disse não ser possível adiantar mais informações neste momento, uma vez que ainda se encontram a ser conduzidas diligências, e que a autópsia ao corpo da vítima ainda não foi realizada.