Fotogaleria

A tribo Shanenawa dança pelo fim do fogo na Amazónia

Uma menina do povo indígena Shanenawa Ueslei Marcelino/REUTERS
Fotogaleria
Uma menina do povo indígena Shanenawa Ueslei Marcelino/REUTERS

Chamam-se Shanenawa e são um povo indígena que habita na aldeia Morada Nova (perto do município do Feijó), no Acre, um dos nove estados brasileiros da floresta amazónica que tem sido severamente afectada pela vaga de incêndios que assola o Brasil e outros países vizinhos.

No primeiro dia de Setembro, o povo Shanenawa fez parte de um ritual para celebrar a natureza e apelar ao fim dos incêndios na Amazónia.

Há nove anos que a Amazónia não ardia tanto no mês de Agosto. Este ano, e desde Janeiro, arderam na Amazónia cerca de 43.573 mil quilómetros quadrados, o que significa que mais de metade da área ardida foi consumida durante o mês de Agosto.

E embora Agosto tenha acabado, os fogos na Amazónia não deram tréguas, com Setembro a começar com 980 focos de incêndio registados na região da floresta amazónica brasileira – a mais extensa do mundo e com a maior biodiversidade registada numa área do planeta.

Juntando-se a várias outras vozes e rezas em todo o mundo, o povo Shanenawa recorreu à música, dança, orações e às práticas medicinais indígenas para apelar à paz na Amazónia e para homenagear a natureza.

Membros da tribo Shanenawa dançam durante um ritual para pedir pelo fim dos incêndios na Amazónia
Membros da tribo Shanenawa dançam durante um ritual para pedir pelo fim dos incêndios na Amazónia Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
As celebrações na aldeia Morada Nova, perto do município do Feijó, no estado brasileiro do Acre
As celebrações na aldeia Morada Nova, perto do município do Feijó, no estado brasileiro do Acre Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Uma rapariga da tribo Shanenawa posa junto a uma árvore durante as celebrações
Uma rapariga da tribo Shanenawa posa junto a uma árvore durante as celebrações Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
As mulheres Shanenawa durante as preparações para o ritual
As mulheres Shanenawa durante as preparações para o ritual Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Uma menina da tribo trepa uma árvore durante as celebrações na aldeia Morada Nova
Uma menina da tribo trepa uma árvore durante as celebrações na aldeia Morada Nova Ueslei Marcelino/REUTERS
Um homem do povo indígena Shanenawa, no Brasil
Um homem do povo indígena Shanenawa, no Brasil Ueslei Marcelino/REUTERS
As mulheres Shanenawa
As mulheres Shanenawa Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Membros da tribo Shanenawa participam no ritual para apelar à paz na Amazónia
Membros da tribo Shanenawa participam no ritual para apelar à paz na Amazónia Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
A medicina tradicional indígena do povo Shanenawa
A medicina tradicional indígena do povo Shanenawa Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Ueslei Marcelino/REUTERS
Sugerir correcção