Anti-gender”, uma sombra que cobre a Europa

Movimentos contra a chamada “ideologia de género” estão a ganhar força na União Europeia e ameaçam direitos das pessoas LGBTI, saúde sexual e reprodutiva das mulheres e estudos de género.

,Casamento do mesmo sexo
Foto
Uma das marchas da Manif Pour Tous, em França, em Maio de 2013 Reuters/STEPHANE MAHE

O debate sobre a chamada “ideologia de género” tem assombrado discussões políticas em vários países da União Europeia, em particular nos países de Leste e dos Balcãs. Tornou-se visível desde as manifestações do Dia da Família em Itália (2007) até à Manif Pour Tous, em França (2013), passando por referendos como na Eslovénia (2012) ou na Croácia (2013) que tentaram banir casamentos entre pessoas do mesmo sexo, pela suspensão dos estudos de género na Hungria, no ano passado, e pelas zonas “anti-ideologia LGBT” decretadas por municípios na Polónia depois de uma campanha às Europeias cooptada pelo tema.