Crítica

Geopolítica da Arte Islâmica

Em O Gosto pela Arte Islâmica na Gulbenkian a inequívoca beleza das peças e o seu valor artístico são enquadrados no seu tempo.

Este vaso com pássaros a voar (séculos XIII-XVI) foi uma das últimas peças compradas por Gulbenkian
Foto
Este vaso com pássaros a voar (séculos XIII-XVI) foi uma das últimas peças compradas por Gulbenkian Fotografias de Rui Gaudêncio

O sol nasce a oriente, e a arte moveu-se de oriente para ocidente. O esplendor da arte islâmica está hoje sobretudo nos grandes museus europeus e norte-americanos. Por isso mesmo a exposição O Gosto pela Arte Islâmica se socorreu de peças que se encontram nos Estados Unidos e em cinco países da Europa comunitária, às quais se juntaram as que o próprio Museu Gulbenkian detém.