Harry e Meghan acusados de hipocrisia por usarem jacto privado

De férias, os duques de Sussex trocaram o Reino Unido pelo sul da Europa.

Foto
POOL New

De férias, Harry, Meghan e o pequeno Archie trocaram Ibiza por Nice. Os duques de Sussex embarcaram na quarta-feira, a bordo de um jacto privado, rumo ao Sul de França e as críticas não se fizeram esperar. Afinal, conhecidos por serem defensores das causas ambientais por que não apanharam um voo comercial como qualquer mortal, pergunta a imprensa britânica.

Este é o segundo voo privado que os duques apanham desde que iniciaram as suas férias de Verão. O primeiro aconteceu quando viajaram de Ibiza para Londres. Os duques escolheram Espanha para celebrar o 38.º aniversário de Meghan, numa escapadinha de seis dias. Dois dias depois, na quarta-feira, viajaram para Nice. De acordo com a imprensa britânica, os duques de Sussex e o filho voaram num avião de 12 lugares da Cessna, cujo aluguer ronda os 20 mil euros e gera até sete vezes mais emissões em comparação com um voo comercial. 

O casal está a ser alvo de fortes críticas porque são conhecidos pelo seu discurso de respeito pelo meio ambiente e combate às mudanças climáticas – recentemente, Harry confessou que queria ter apenas dois filhos e a justificação é a dos recursos ambientais serem escassos. Em Julho, os duques lançaram uma mensagem na sua conta de Instagram sobre a consciencialização para a situação do planeta. “O dano ambiental foi tratado como um subproduto necessário do crescimento económico. Esse pensamento está tão profundamente enraizado que foi considerado parte da ordem natural que o desenvolvimento da humanidade ocorre às custas do nosso planeta. Só agora estamos a começar a perceber e a entender o dano que estamos a causar”, escreveu Harry nesse post. “Com quase 7,7 mil milhões de pessoas a viver na Terra, todas as escolhas, todas as pegadas, todas as acções fazem a diferença”, acrescentou.

Nas últimas horas, esta mensagem tem recebido várias reacções de leitores que lamentam a decisão dos duques de viajarem em aviões privados. Há quem lamente e também há quem os insulte. “Hipócritas”, escreve uma internauta, resumindo o sentimento generalizado de desilusão.

Markle, que deu à luz o seu primeiro filho, Archie, em Maio passado, retomará o seu trabalho com o príncipe Henry no próximo Outono. A previsão é que viajem para África, o seu itinerário inclui visitas ao Malawi, África do Sul e Angola, na senda do trabalho que a princesa Diana, mãe de Harry, fazia naquele continente.