O peculiar caso do sindicato que continua em greve e a negociar

Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbano do Norte (STRUP) , afecto à Fectrans, diz que greve “é para manter até às 24h00 de terça-feira”. E defende que “é a lutar que se faz caminho”.

Foto
Paulo Pimenta

Não são muitos motoristas, porque “alguns entraram de férias, e outros já conseguiram resolver os seus problemas directamente com o patrão”, mas de entre os quase mil motoristas de mercadorias que são associados do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN), ainda há “algumas centenas” de motoristas a fazer greve. E assim vão continuar até terça-feira. A contabilidade é de José Manuel Silva, coordenador do STRUN​, que tem como área de influência vários distritos da zona norte e centro, e que é um sindicato afecto à Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações, a Fectrans. Esta é a Federação que nunca aderiu à greve e que sempre continuou na mesa das negociações com a Antram.