Armadores temem que fim da legislatura adie lei de combate à pirataria

Associação de armadores pede urgência ao Ministério do Mar para enviar para o Conselho de Ministros a legislação que viabilize a presença de guardas armados a bordo na marinha mercante nacional.

Foto
sa sergio azenha - colaborador

A European International Shipowners Association of Portugal (EISAP), a associação que representa os armadores do Registo Internacional de Navios da Madeira (MAR), teme que os avanços dos últimos meses em torno da lei de combate à pirataria acabem por ser uma “oportunidade perdida” para o sector no país.