Com um “cenário variado e irresistível”, o Alentejo é a região a visitar para a Forbes

A vida em passo lento, as praias desertas, as vilas com castelos e ruínas romanas e uma mão-cheia de novos alojamentos e bons restaurantes. Razões suficientes para a revista norte-americana decretar o Alentejo como “a nova região a visitar em Portugal”.

Foto
Rui Gaudêncio

No Alentejo, “a vida corre ao sabor do vento” e, diz a Forbes, é precisamente essa a razão que atrai tantos ao “coração do país”. Mas também o “cenário variado e irresistível” da região, que tem tanto de searas, colinas cobertas de sobreiros, oliveiras e vinhedos, como “quilómetros de praias desertas de areia branca” e “povoações muralhadas com castelos e ruínas romanas”.

No artigo assinado por Laurie Werner, a influente revista norte-americana começa na Comporta, “muitas vezes comparada com a zona balnear dos Hamptons”, luxo sazonal do jet-set norte-americano. Mas a versão portuguesa, diz a Forbes, ainda que seja igualmente um “íman de celebridades”, goza de um espírito mais moderado.

É nesta zona de arrozais a sul do Sado, que o designer de moda Christian Louboutin tem casa e se prepara para abrir dois hotéis boutique, na zona de Melides, no próximo ano, refere a revista.

E é também na região que acaba de abrir a Quinta da Comporta, junto à vila de Carvalhal. Um projecto de Miguel Câncio Martins, o mesmo arquitecto que assinou parte do projecto do Sublime Comporta.

O passeio continua depois por Évora, com visita às ruínas romanas do Templo de Diana, à “inquietante” capela dos ossos e ao Palácio Cadaval. Para comer, a Forbes recomenda O Fialho, “há décadas um clássico na cidade”.

O artigo termina em Estremoz, “conhecida pelo seu mármore, que compreende grande parte da cidade, pelo castelo do século XIII no topo da colina, pelas ruas estreitas ladeadas por laranjeiras e pela gastronomia”. Além da Mercearia Gadanha, é sugerida uma visita ao mercado que decorre todos os sábados na praça principal da cidade.

Há ainda três sugestões de estadia na região: a Casa Azimute e, já próximo de Monsaraz, São Lourenço do Barrocal e a Herdade do Sobroso.

Para o The Guardian não há dúvidas: As melhores praias da Europa são no Alentejo