“Espero que o novo medicamento possa também beneficiar a minha filha”

No Hospital de Santa Maria está internada outra criança que sofre de atrofia muscular espinhal de tipo I, a mesma doença de Matilde Sande. Os pais de Natália Silva, com nove meses de idade, esperam ser igualmente elegíveis para o medicamento que promete curar a doença, o Zolgensma.

Rádio Nova
Foto
DRO DANIEL ROCHA - PÚBLICO

Matilde Sande não é a única bebé internada no Hospital de Santa Maria por sofrer de atrofia muscular espinhal de tipo I. A mesma equipa médica acompanha outra bebé que sofre da mesma doença degenerativa neuromuscular, Natália Silva, que tem agora nove meses. “Espero que o novo medicamento possa beneficiar também a minha filha”, adiantou ao PÚBLICO Andrea Santos, a mãe da criança, cujo diagnóstico foi feito aos quarenta dias de vida e que vem sendo, desde então, acompanhada pela mesma médica, com internamentos hospitalares regulares devido a complicações respiratórias.