Exame de Matemática: prova fácil e sem surpresas

Alunos da Escola Secundária de Ponte de Lima saíram optimistas e descontraídos.

Fotogaleria
Alunos do 12º consideraram o exame da Matemática mais acessível que os de anos anteriores. Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda

Realizou-se esta terça-feira o exame de Matemática A e Matemática Aplicada às Ciências Sociais. O PÚBLICO esteve à porta da Escola Secundária de Ponte de Lima e falou com oito alunos sobre as provas. O enunciado e os critérios de correcção da prova de Matemática A já estão disponíveis para consulta.

1. Como correu o exame?

2. Correspondeu à matéria leccionada nas aulas?

3. O que gostavas que tivesse saído que não saiu?

4. Qual foi a pergunta ou tópico que correu pior?

PÚBLICO -
Foto
Diogo Carneiro, 17 anos Adriano Miranda

Diogo Carneiro, 17 anos

1. Correu bem, acho que foi fácil.

2. Acho que correspondeu.

3. Acho que estava à espera que saísse tudo o que saiu. Estava à espera que saísse alguma matéria que não sabia, isso sim, mas correu tudo bem.

4. Foi a última, era sobre inferência estatística.

PÚBLICO -
Foto
Sara Santos, 16 anos Adriano Miranda

Sara Santos, 16 anos

1. Correu bem, era razoavelmente fácil e não era grande, estava óptimo para o tempo que nos é dado.

2. Sim, correspondeu.

3. Nada, acho que estava óptimo assim.

4. A das probabilidades, não sou muito boa nessa parte.

PÚBLICO -
Foto
Patrícia Alves, 17 anos Adriano Miranda

Patrícia Alves, 17 anos

1. Correu bem, era acessível. A primeira parte foi exactamente para o tempo esperado e também acabei a segunda dentro do tempo.

2. Sim, totalmente.

3. Saiu tudo aquilo que eu esperava, nem mais, nem menos.

4. Nenhum dos cadernos me correu mal, correu tudo bem.

PÚBLICO -
Foto
Vasco Ribeiro, 17 anos Adriano Miranda

Vasco Ribeiro, 17 anos

1. Correu bem, era fácil.

2. Correspondeu totalmente. Pensei que ia sair matéria mais difícil, mas foi mais fácil, em comparação com os outros anos.

3. Não sei, estava à espera que saísse mais trigonometria, mas saíram mais exercícios de utilizar a máquina e ver os gráficos, foi mais fácil.

4. Foi a única que não fiz, era de trigonometria.

PÚBLICO -
Foto
Tomás Vaz, 18 anos Adriano Miranda

Tomás Vaz, 18 anos

1. Correu bem, era acessível.

2. Sim, correspondeu.

3. Não sei. O que não queria que saísse era probabilidades, e tive sorte.

4. Nenhum me correu mal, acho que fiz tudo certinho, não tive dificuldades.

Filipa Freitas Costa, 16 anos

PÚBLICO -
Foto
Filipa Freitas Costa, 16 anos Adriano Miranda

1. Correu bem, não era muito grande.

2. Sim, correspondeu.

3. Foi muito de acordo com aquilo que já saiu noutros anos, por isso não havia nada de especial que quisesse.

4. Foi uma parte de modelos que não me correu muito bem. Havia uma equação que não estava muito bem apresentada e fiquei na dúvida.

PÚBLICO -
Foto
Vera Gonçalves, 18 anos Adriano Miranda

Vera Gonçalves, 18 anos

1. Correu bem.

2. Sim, correspondeu totalmente ao que estudei.

3. Gostava que tivesse saído matéria em que pudesse aplicar mais grafos. Saiu um exercício, mas era um bigrafo.

PÚBLICO -
Foto
Bruno Costa, 17 anos, Línguas e Humanidades Adriano Miranda

4. Foi a função, deu-me negativa e não era suposto.

Bruno Costa, 17 anos

1. Correu bem, era mais ou menos fácil.

2. Eu tive Matemática Aplicada às Ciências Sociais, mas correspondeu a tudo o que estudei pelos manuais de Matemática.

3. Gráficos, são a parte mais fácil, para mim.

4. A parte da função, não sabia fazer.