Raúl Contreiras precisa de ser operado ao joelho. Pode ter de esperar um ano Rui Gaudencio

Restam sete de 23 ortopedistas em Faro. Raul Contreiras, pastor, paga a factura

Um médico trabalhou dia e noite quatro dias seguidos nas urgências. Dois terços dos ortopedistas abandonaram o hospital e mais um vai sair antes do final do mês. Cirurgias de ortopedia estão a demorar um ano

A ponta do cajado está gasta, mas o bordão ainda cumpre os serviços mínimos: ampara o pastor. “O joelho está bem pior, gripou”, diz o guardador de rebanhos, reclamando por uma operação de urgência no Hospital de Faro. Na melhor das hipóteses, advertiu o médico, “dentro de um ano talvez tenha vaga”.