Tanya Tagaq, Luedji Luna e Elias Bender nos Concertos L da Madeira

Vozes singulares como a de Tanya Tagaq, Lonnie Holley, Silvia Pérez Cruz ou Salvador Sobral, encontros improváveis como o de Elias Bender (Iceage) com Gabriel Ferrandini, ou as estreias de Luedji Luna e BinkBeats, em destaque na série Concertos L, que decorrerão na Ponta do Sol, na Madeira, entre Julho e Setembro.

Luedji Luna
Foto
A cantora brasileira Luedji Luna

Nos últimos anos os Concertos L, uma série de espectáculos que decorrem nos jardins da Estalagem da Ponta do Sol, naquela pequena vila da Madeira, têm vindo a ganhar protagonismo por ali passarem uma série de nomes de referência do cenário musical actual, como Anna Meredith, Weyes Blood, Thurston Moore, Dirty Beaches, Juana Molina, Bianca Casady (CocoRosie), Sevdaliza ou Nadah El Shazly, entre muitos outros.

Este ano não será diferente, começando já a 6 de Julho com a canadiana Tanya Tagaq, a inclassificável cantora que recorrendo ao canto tradicional dos esquimós se tem destacado por uma série de discos (com os quais já ganhou importantes galardões, como um Juno ou o Polaris Music Prize), intensas actuações ao vivo e colaborações importantes, com destaque para Björk ou Mike Patton. Na sua música coabitam uma técnica vocal singular, de inalação e exalação, e um som que integra elementos electrónicos, mas também impulsos rock. O seu último álbum, deste ano, tem-lhe dado muito destaque, tanto nos circuitos mais populares como nos experimentais, tendo sido recentemente capa da revista The Wire.

A 19 de Julho será a vez da brasileira Luedji Luna chegar à Madeira com o seu álbum de estreia, Um Corpo no Mundo, de 2017. A cantora e compositora baiana é uma das vozes mais relevantes da nova geração de artistas brasileiros, com uma sonoridade afro-brasileira que canta com convicção o empoderamento feminino. Estará em Portugal pela primeira vez (também no B Leza, em Lisboa, a 11 de Julho), depois de o ano passado ter colaborado com Aline Frazão no álbum Dentro da Chuva.

A 24 de Julho os Mão Morta tratarão de mostrar temas do novo disco, com edição prevista para Setembro, baseado na música do espectáculo de dança No Fim Era o Frio, enquanto a 31 de Julho subirão ao palco Valter Lobo e o compositor e pianista André Barros. A 14 de Agosto o músico de jazz madeirense André Santos desafiará a voz de Salvador Sobral para uma noite de partilhas musicais por temas jazzísticos, para a 21 de Agosto uma outra dupla estar em evidência. Desta vez trata-se do dinamarquês Elias Bender Ronnenfelt (voz e líder dos Iceage e dos Marchind Church) e do baterista português Gabriel Ferrandini, que a partir de uma residência artística a decorrer na Ponta do Sol apresentarão em estreia um espectáculo inédito, com a bênção da lisboeta Galeria ZDB. Trata-se de um encontro improvável entre uma das personalidades mais relevantes do rock actual e um baterista de eleição do jazz mais livre.

A 28 de Agosto haverá lugar para ouvir o multifacetado Lonnie Holley, o veterano artista que canta a alma americana na tradição poética de outros grandes vultos da espiritualidade negra como Gil Scott-Heron.  A 4 de Setembro entrará em acção a espanhola Silvia Pérez Cruz, que tem esgotado salas por todo o mundo, com voz versátil e influências que vão do jazz ao flamenco. A 14 de Setembro estreia-se em solo nacional o multi-instrumentista e produtor holandês Frank Wienk, mais conhecido por BinkBeats, com um vocabulário muito próprio, algures entre as electrónicas abstractas, o hip-hop, a clássica ou o minimalismo. E para finalizar, a 28 de Setembro, haverá electricidade com Legendary Tigerman.