Pelo menos 21 feridos no Japão após sismo de magnitude de 6,8

O epicentro do sismo foi localizado no mar, próximo da costa noroeste do Japão e em frente ao limite das províncias de Niigata e Yamagata, com uma profundidade de dez quilómetros.

O sismo atingiu as províncias de Niigata e Yamagata
Foto
O sismo atingiu as províncias de Niigata e Yamagata KIMIMASA MAYAMA/LUSA

Pelo menos 21 pessoas ficaram feridas no Japão, uma das quais com gravidade, na sequência do sismo de magnitude de 6,8 na escala de Richter na costa Noroeste do país.

As autoridades japonesas estão a avaliar o estado dos edifícios, mas, até ao momento não há registo de danos significativos.

A Agência Meteorológica do Japão pediu que a população tenha extrema cautela devido ao risco de deslizamentos de terra.

As autoridades levantaram o alerta de tsunami que tinha sido emitido poucas horas depois do sismo que atingiu grande parte do norte e do centro do Japão.

O sismo teve epicentro a dez quilómetros de profundidade, no mar, de acordo com a Agência Meteorológica do Japão. 

O Japão situa-se na junção de quatro placas tectónicas e é atingido todos os anos por cerca de 20% dos sismos violentos registados no planeta.

Um tsunami a 11 de Março de 2011, depois de um sismo de 9 na escala de Richter ao largo do arquipélago, causou a morte de 18.500 pessoas e provocou o acidente nuclear de Fukushima.