Mais de metade dos professores do superior com avaliação de “excelente”

Menos de 5% tem resultado negativo. Sistema de apreciação do desempenho não agrada nem às instituições nem ao sindicato do sector.

Foto
Margarida Basto

Na última vez em que foram avaliados, mais de metade (53,8%) dos professores do ensino superior tiveram uma classificação de “excelente”, a mais elevada possível. Em sentido contrário, menos de 5% tiveram um resultado negativo, revela um inquérito feito pelo PÚBLICO às instituições públicas. O sistema de apreciação de desempenho dos docentes do sector parece não agradar a ninguém e tanto o sindicato do sector como representantes das universidades e politécnicos defendem mexidas.