Accionistas do BCP aprovam devolução faseada de salários

Num encontro marcado pelos protestos dos trabalhadores à entrada, os accionistas do BCP aprovaram de forma esmagadora todos os pontos em discussão.

Foto
LUSA/ANTÓNIO PEDRO SANTOS

Os accionistas do BCP aprovaram hoje em assembleia-geral, com 99,98% dos votos a favor, a distribuição de dividendos e a devolução faseada dos salários, que sofreram cortes entre 2014 e 2017, foi hoje divulgado.

De acordo com o BCP, o ponto dois da assembleia-geral de accionistas, que propunha “deliberar sobre a proposta de resultados para o exercício de 2018”, foi aprovado com 99,98% dos votos a favor.

Já o ponto um, relativo ao “relatório de gestão, o balanço e as contas individuais e consolidadas, relativos ao exercício de 2018, incluindo o relatório do Governo Societário”, foi aprovado com 100% dos votos.

A assembleia-geral do BCP, que se realiza hoje no Tagus Park, em Oeiras, conta com a representação de 64,5% do capital do banco.