Secretário de Estado ignora a lei e deixa o fisco em Lisboa em aberto

Director de Finanças de Lisboa está em substituição há 1500 dias. O recrutamento já acabou e a equipa de Centeno tem a lista de finalistas há cerca de um ano, mas nada aconteceu. A lei prevê 45 dias para nomear.

Foto
Em Setembro, Mendonça Mendes garantia ter o processo de nomeação "em curso" Daniel Rocha

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, está há quase um ano sem decidir quem nomeia para o cargo de director de Finanças de Lisboa. O governante tem em mãos a lista de finalistas do concurso desde a Primavera do ano passado mas, embora a lei preveja um prazo de 45 dias para a nomeação, o governante ignorou o prazo e nada decidiu até ao momento.