João Bento é o novo presidente dos CTT

Gestor sai do Grupo Manuel Champalimaud e sucede a Francisco Lacerda.

Francisco de Lacerda
Foto
Ricardo Lopes

O cargo de presidente dos CTT, que ficou vago com a renúncia de Francisco Lacerda, anunciada na sexta-feira, já tem novo ocupante. João Bento, o actual líder executivo do Grupo Manuel Champalimaud, vai assumir a presidência da empresa que tem a concessão do serviço universal postal.

Os CTT anunciaram esta segunda-feira que João Bento foi nomeado para a presidência executiva da empresa, para completar o mandato em curso (que termina no final de 2019) a partir de 22 de Maio. O gestor deixará de exercer qualquer função na holding que reúne os investimentos de Manuel Champalimaud (antiga Gestmin) e é a maior accionista dos Correios, com 12,58%.

Na equipa de gestão dos CTT mantêm-se Dionizia Ferreira, António Vaz da Silva, Francisco Simão e Guy Pacheco.

João Bento, que já é administrador não executivo dos CTT, terá como um dos principais desafios o início da renegociação do contrato de concessão do serviço universal postal com o Estado.

“Esta designação, atento o perfil, experiência e conhecimento da empresa do CEO [presidente executivo] designado, bem como a manutenção dos quatro outros membros da equipa executiva, permite uma transição sólida e atempada da liderança da equipa”, refere o comunicado enviado pela empresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

João Bento chega à liderança dos Correios num momento particularmente conturbado da relação entre a empresa e o regulado. Na sexta-feira, a Anacom anunciou que vai impor à empresa uma nova redução de preços por ter constatado que, pelo terceiro ano consecutivo, se falharam indicadores de qualidade de serviço.
 

Sugerir correcção